quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Consumo moderado de vinho faz bem à saúde

Os vinhos tintos, principalmente das variedades tannat e malbec argentinos, quando consumidos com moderação, são ótimos aliados à saúde. O vinho estimula a dilatação das artérias, além de ajudar a elevar o HDL, o colesterol bom. Provavelmente seja por isso que o consumo regular e moderado do vinho (um ou dois cálices por dia) é capaz de reduzir a mortalidade por todas as causas, conforme sugerem alguns estudos.


Dr. Mateus Dornelles Severo
Médico Endocrinologista
Doutor em Endocrinologia
CREMERS 30.576 - RQE 22.991

sábado, 21 de dezembro de 2013

Óleo de peixe ajuda mesmo?

"Consumo de óleo de peixe não reflete a evidência científica", é o que diz a revista médica JAMA, uma das mais importantes do mundo. Nos Estados Unidos, as vendas de óleo de peixe, rico em ômega 3, dobraram nos últimos 5 anos, alcançando a cifra de 1 bilhão de dólares em 2012. Entretanto, apesar do ômega 3 ser um nutriente importante para a saúde humana, diferentes estudos provam que a suplementação não ajuda a prevenir doenças cardíacas e vasculares, como prega a indústria farmacêutica.
Mais um exemplo de tratamento fútil largamente utilizado e que só traz benefício para quem o comercializa.


Dr. Mateus Dornelles Severo
Médico Endocrinologista
Doutor em Endocrinologia
CREMERS 30.576 - RQE 22.991
www.facebook.com/drmateusendocrino

domingo, 8 de dezembro de 2013

Qual é a melhor: batata doce ou batata inglesa?

Não se engane pelo nome! Quando comparamos a batata doce e a batata inglesa, a primeira tem algumas vantagens sobre a segunda principalmente em pacientes diabéticos. A batata doce possui duas vezes mais fibras que a batata inglesa, o que faz seu "açúcar" ser absorvido mais lentamente pelo intestino, ou seja, tem índice glicêmico menor. Alimentos com menor índice glicêmico fazem a glicose subir mais lentamente no sangue. Outra vantagem das fibras da batata doce é que ajudam a aumentar a sensação de saciedade, fazendo com que se coma menos. Mas cuidado! Por serem fontes ricas de carboidratos (alta carga glicêmica) e calorias, qualquer tubérculo não deve ser consumido de forma exagerada.



Vídeo com informações sobre o consumo de batata doce e outros tubérculos por pacientes com diabetes.


Dr. Mateus Dornelles Severo
Médico Endocrinologista
Doutor e Mestre em Endocrinologia - UFRGS
CREMERS 30.576 - RQE 22.991

Texto revisado em 18 de agosto de 2019.