sábado, 17 de janeiro de 2015

Sedentarismo mata mais que obesidade

Estudo de pesquisadores do Reino Unido recentemente publicado na revista American Journal of Clinical Nutrition evidenciou que não fazer atividades físicas regularmente pode ser mais perigoso para saúde do que estar acima do peso. Neste estudo, cerca de 330 mil homens e mulheres foram acompanhados por mais de 12 anos. Após as análises, constatou-se que a falta de exercícios físicos tira duas vezes mais vidas que a obesidade. Os autores do estudo sugerem que a partir de 20 minutos de atividades físicas por dia, o risco de morte começa a reduzir, mas recomendam que as pessoas não se limitem a este mínimo.
É muito importante que interpretemos corretamente as informações acima. O excesso de peso e a obesidade continuam sendo problemas que merecem ser combatidos. No entanto, ficar parado, principalmente para quem é magro, pode ser tão ou mais perigoso que os quilos extras.
Fonte: Medscape


Dr. Mateus Dornelles Severo
Médico Endocrinologista
Mestre em Endocrinologia
CREMERS 30.576

Nenhum comentário:

Postar um comentário